Vamos jogar vôlei? Haikyuu

*Obs.: com o mínimo de spoliers*

 Sem super jogadas, como Kuroko no basket e Inazuma Eleven (Super Onze), Haikyuu tem uma pegada realista, nada impossível, que nos dá  vontade de sair e ir jogar.

 O anime conta a história de dois estudantes que entram no mesmo Colégio (Karasuno) após terem disputado uma partida anos atrás em um torneio. Um deles é talento puro e experiente, entretanto não exerce um bom trabalho de equipe e é arrogante. O outro sofre com a falta de altura e técnica, apesar do seu vigor e agilidade impressionante, que ao longo da trama vai sendo lapidada.

O time de vôlei do colégio que entraram um dia foi campeão e eles terão de evoluir em conjunto ao time para o reerguerem novamente.

 Ao longo da trama é notável a evolução dos personagens não só dos personagens principais, mas também do time e dos “inimigos”, todos são explorados, sendo uma evolução gradual, nada acontece de repente é uma construção continua.

 Quando você acha que ataque “x” está sendo repetitivo, o time inimigo também acha o mesmo e se adapta ao ataque “x”, fazendo com que este não seja mais efetivo, dando um novo desafio ao time e aos protagonistas,  “Temos que aprimorar isso”,” Não está mais funcionando”.

Algo que me encantou muito no anime foi não ser deixado de lado os sentimentos dos “inimigos” , na maioria dos animes o protagonistas só tem que vence-los ( e sempre vencem) e pronto, em Haikyuu seus sentimentos são trabalhados também, inclusive tem um episódio dedicado a eles, ” Os perdedores “, afinal podemos ganhar e vencer, Haikyuu mostra os dois lado da moeda, a felicidade e a tristeza, não existe protagonismo, não existe garantias, todos podem perder e ganhar, tanto os “inimigos” quanto a Karasuno.

O anime também faz um belo uso de metáforas, como ” O rei solitário”, “A muralha de ferro”, “as assas do time” e etc, o que no meu ver deixa o anime mais emocionante, além das cenas lentas e flashs backs saudáveis.

 Os episódios alternam os ritmos, alguns são mais lentos, outros dão a impressão de serem extremamente rápidos, todavia isso é  devido ao conteúdo de cada episódio, os mais lentos geralmente passam questões técnicas do esporte (o que enriquece o anime, nos permitindo entender o que está acontecendo, pois nem todo mundo sabe qual é a função do Líbero ,o que é um bloqueio bandeja ou uma cortada) ou treino (é importante saber que mesmo com talento, eles não chegaram ali do nada). Os episódios que geralmente dão a impressão de serem mais rápido são os das partidas, a maioria das vezes tensas e muitas me deixaram “com o coração na mão”, aqueles 24 minutos do anime não eram suficientes, sempre me fazendo pensar no fim “chega logo sexta”, não apenas por que depois de sexta é sábado, ou sei lá, era porque sexta-feira de tarde saia um novo episódio de Haikyuu e eu iria poder ver no que deu, pois como disse antes, é um anime que não lhe da garantias do que pode/vai acontecer.

 A trilha sonora é espetacular e enfatiza os momentos, levando-os a outro nível, a comédia é elemento constantemente, em certos momentos suaviza as partidas, nada desnecessário, deixando o anime sempre divertindo fazendo o espectador dar algumas risadas enquanto “segura o coração”.images

 Por fim o roteiro/direção são excelentes, a história é cativante e não fica estagnada, o desenvolvimento dos personagens em grupo e individual, assim como seus talentos e falhas são trabalhados, outra mensagem que é deixada ao longo do anime de forma sutil e sem soar como pejorativa é que o esforço é importante, mas tem barreiras que ele não supera e é algo que temos que encarar.

 A terceira temporada do anime levantou muitas duvidas pois foi a adaptação de apenas uma partida em 10 episódio e quando lançou, tinha uma galera bem apreensiva, mas no final, só posso lhes dizer que foi um trabalho digno e que venha a quarta temporada LOGO.

Sendo assim se você ainda não assistiu a adaptação do Haruichi Furudate, fica aqui minha super indicação, vá assistir.

Por: Kilya

3

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s