DC pode estar desenvolvendo um filme solo do Coringa produzido por Martin Scorsese. O que esperar?

Nessa terça (22), o Deadline divulgou uma nota que deixou a internet em choque: A Dc Comics e a Warner Bros. estariam desenvolvendo um spinoff do universo do Batman com um filme solo contando a origem do Coringa, produzido por Martin Scorsese (Os Infiltrados, Taxi Driver – Motorista de Taxi).

FUSI-Martin-Scorsese

De acordo com a nota, o filme solo do personagem não teria conexão com nenhum outro filme do Batman feito nos últimos 30 anos – sem conexões com os personagens já interpretados por Jack Nicholson (Batman), Heath Ledger (Batman: O Cavaleiro das Trevas) e, mais recentemente, Jared Leto (Esquadrão Suicida) – possivelmente trazendo um novo ator para o papel. Além da produção de Scorsese, o filme seria dirigido por Todd Philips (Se Beber Não Case)  escrito por Scott Silver (8 Mile) e se passaria numa Gotham City dos anos 80 e num clima tipico dos filmes de Scorsese.

Após um pouco desse anuncio, uma grande pergunta ficou na cabeça de algumas pessoas: ‘Qual a necessidade para um filme solo do Coringa?’ ‘Como esse filme pode ser feito?’

Por mais que o personagem seja um dos maiores vilões dos quadrinhos e tendo ótimas histórias consagradas, uma ideia para um filme solo do personagem é uma das mais fracas ideias de filme solo de um universo de super-heróis desde o filme (cancelado) do Sexteto-Sinistro. A função do Coringa sempre foi – e sempre será – a de antítese do homem-morcego, fazendo esse conflito ter uma carga importante para ambos os personagens e enriquecendo o universo dos quadrinhos por anos.

FUSI-Batman-V-Coringa.jpg

O personagem tem sim os seus pontos positivos durante sua trajetória – como a criação da Arlequina na série animada do Batman de 1990 e suas brilhantes interpretações no cinema e TV desde 66 – e conta com uma grande história sobre um pouco de seu passado em A Piada Mortal (1988), de Allan Moore e Brian Bolland, já adaptado para as animações em 2016. Com a presença de alguém com Scorsese na produção – como a nota diz – a produção pode apresentar um quesito de qualidade de produção acima do esperado vindo dos recentes filmes do universo DC, e já que o longa é vendido como algo fora desse novo universo, cria uma perspectiva do que poderia vir a respeito de um filme de um personagem tão icônico feito o palhaço do crime de Gotham. Um filme solo do Coringa com produção de Scorsese poderia ser uma mistura de filmes como Taxi Driver e O Rei da Comédia junto com A Piada Mortal em questão de ambientação de base, contando a trajetória e os perrengues de um aspirante a comediante tentando subir na vida para audar sua esposa grávida numa Gotham antiga, o que acaba levando-o a cometer decisões cruciais para sua jornada, como entrar para o mundo do crime (Assim como na Graphic Novel de 1988), numa ambientação bastante sombria e sem muita vida por volta do universo do personagem, que iria crescendo aos poucos cm cada tombo cometido. Uma ideia como essa – com roteiro e direção certas – poderia vir a calhar. Muito pouco se sabe de como séria o trabalho de Todd Philips na direção, levando em consideração de que muitos de seus trabalhos são de grandes comédias do cinema, então criasse uma expectativa para isso, junto a um bom trabalho com Scott Silver no longa.

FUSI-Coringa-Filme-Final.jpg

E você? Qual é a sua opinião a respeito de um filme solo do Coringa para os filmes da DC?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s