Atômica | Crítica

Atômica (Atomic Blonde) é um filme de ação dirigido por David Leitch (John Wick, Deadpool 2) e estrelado por Charlize Theron (Mad Max: Estrada da Fúria) e James McAvoy (X-Men Apocalypse).

O filme é baseado na HQ “The Coldest City” que é escrita por Antony Johnston e ilustrada por Sam Hart (que por sinal é naturalizado brasileiro).

As diferenças entre a HQ e o filme são principalmente a estética e também as cenas de ação, enquanto a HQ segue um clima mais Noir e também não conta com tantas cenas do tipo, o filme é bem mais colorido e frenético.

A trama se passa na época da Guerra Fria, mais precisamente no ano da queda do muro de Berlim. A agente Lorraine (Charlize Theron) se vê numa missão que envolve agentes do MI6 (Inglaterra), KGB (Russia) e CIA (EUA). O filme é contado em forma de flashback, a trama se passa enquanto a protagonista está numa mesa de interrogatório contando como foi sua missão na cidade alemã.

A atuação de Charlize está impecável como sempre, além disso a atriz também dispensou dublês e nas cenas de ação dá pra perceber muito bem sua dedicação (ela inclusive perdeu dois dentes durante as gravações dessas cenas). James McAvoy também se mostra muito competente em sua atuação e prova que é um dos melhores atores da atualidade.

O filme é repleto de ação do começo ao fim e ainda conta com toda a estética anos 80, as cores, as roupas, os carros, tudo remete muito bem ao finalzinho da década. Outro elemento que ajuda muito a manter este clima com certeza é a trilha sonora que vai de David Bowie a Public Enemy, sem falar em uma das melhores cenas de luta do filme que é embalada pelo pop de George Michael. As músicas entram em cena nos momentos certos, sem parecer nada forçado ou apenas pra preencher algo que está faltando (vide Esquadrão Suicida). A edição juntamente com a mixagem de som fazem um ótimo trabalho, você ouve tudo que está acontecendo na tela com muitos detalhes. O filme até conta com algumas cenas que quebram a quarta parede, seria o diretor treinando para Deadpool 2?

Atomic Blonde (2017)

Com certeza Atômica é um filme que merece ser visto se você gosta de filmes de espionagem ou de ação, ele é como se fosse um 007 porém com uma mulher protagonista e com muito mais violência e pancadaria. O filme também é cheio de reviravoltas, então precisa ser assistido com muita atenção, nada de ficar no celular durante a sessão.

fusi-nota9

Por Camia Hortencio

Um comentário em “Atômica | Crítica

  1. O êxito do filme se deve muito ao grande elenco que é bastante conhecido pelo seu grande trabalho. Atomic Blonde e meu filme favorita porque adorei a trilha sonora, uma parte fundamental do filme. A historia está bem estruturada, o final é o melhor. Vi este filme por Sofia Boutella ela sempre surpreende com os seus papeis. Recentemente la vi en sua novo trabalho Fahrenheit 451 filme. Na minha opinião, este foi um dos melhores filmes de ação que foi lançado mais o talento desta é muito bom. Adoro porque sua atuação não é forçada em absoluto. Sempre achei o seu trabalho excepcional, demonstrou por que é considerada uma grande atriz, e a sua atuação é majestuosa. Na minha opinião, este foi um dos melhores filmes de ação que foi lançado mais o talento desta é muito bom.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s